Tyson lança marca 100% vegetal
“Nós não queremos ser rompidos,” disse Justin Whitmore, vice presidente de estratégia corporativa e diretor de sustentabilidade na Tyson Foods, num evento recente. “Nós queremos fazer parte da disrupção.” 

 

A Tyson pode ser uma líder global na produção de carne, mas também está se tornando um exemplo na liderança do que se é quando a indústria da carne abraça os desejos de seus consumidores para mais alternativas vegetais.

 

A empresa também já investiu  nas startups vanguardas que estão tornando a pecuária convencional obsoleta (empresas de proteínas vegetais como a Beyond Meat e a empresa Memphis Meats, que é de carnes limpas).

 

Agora, ela está lançando sua própria marca de alimentos vegetais, a Green Street, para obter uma grande parcela da crescente demanda por mais alimentos vegetais como alternativas às fontes de proteínas animais. A Green Street é a primeira incursão da Tyson nas refeições que já são prontas para comer e prontas para levar. A vontade da empresa em pegar essa nova abordagem é um sinal da profunda mudança nas preferências alimentares dos consumidores.

 

 

Dados recentes da Nielsen mostram que mais de um terço dos consumidores estão ativamente tentando incorporar mais alimentos de origem vegetal em suas dietas. Como você já deve ter notado, isso dramáticamente excede a porcentagem de vegetarianos e veganos, mostrando que uma faixa mais abrangente de grupos de consumidores estão procurando por mais opções somente vegetais. Firmas líderes de pesquisas de mercado como a Mintel, MarketWatch, Innova, e Rabobank todas já possuem proteínas alternativas como uma trend chave para 2018.

 

E assim como mostra a pesquisa da Lux, isso é uma tendência macro que apenas vai crescer nas próximas décadas, o que fará com que produtores de alimentos de origem animal adaptem fundamentalmente suas abordagens para manterem essa relevante mudança do mercado.

 

Para ver um exemplo primário de empresas de alimentos abraçando o novo mercado robusto de mais alternativas vegetais, veja o novo lançamento da Tesco da linha de produtos prontos para pegar da Wicked Kitchen. E pode esperar por mais atividades similares nos próximos meses para ver varejistas e restaurantes “plantarem” também novas ofertas.

 

Traduzido por: Felipe Krelling. Texto original encontra-se aqui.