A Beyond Meat se Torna Pública e Arrecada US $241 Milhões

É oficial: a empresa Beyond Meat se tornou pública. (Eles até tocaram o sino de abertura da Nasdaq!)

A fabricante de carnes plant-based ofereceu 9,625 milhões de ações a US $25 cada, levantando cerca de US $241 milhões com um valor de mercado de US $1,49 bilhão. Os subscritores principais foram o Goldman Sachs, a JPMorgan Chase e o Credit Suisse.

 

Sigla (BYND)

O diretor executivo do GFI, Bruce Friedrich, observou: “A medida pode abrir caminho para outros fabricantes de carne plant-based que estarão assistindo”. A Beyond Meat é a primeira empresa de carnes plant-based a se tornar pública em um setor onde as estratégias de saída são geralmente fusões ou aquisições.

A Beyond Meat abriu o capital e valorizou suas ações dois dias antes do início das negociações, uma indicação de alto interesse dos investidores.

A influência da mídia em torno da Oferta Pública Inicial (IPO | Initial Public Offering) se concentrou no rápido crescimento da receita da Beyond Meat e na sua redução de perdas. Entre 2017 e 2018, a Beyond Meat mais que dobrou sua receita de US $32,6 para US $87,9 milhões, enquanto reduziu suas perdas de US $30,4 para US $29,9 milhões.

Embora a Beyond Meat ainda não seja lucrativa, o pesquisador David Trainer observa na Forbes que, “com 20%, suas margens brutas já ultrapassaram a Tyson Foods (TSN), a maior produtora de carne dos EUA”.

Eric Volkman, do The Motley Fool (empresa americana de serviços financeiros multimídia), ressalta que as vendas internacionais da Beyond Meat estão “crescendo em ritmo acelerado”, aumentando de 1% para 7% da receita de 2017 para 2018. E essas vendas internacionais parecem preparadas para continuar crescendo. Há poucos dias, a Beyond Meat divulgou a notícia de que 3.000 mercados canadenses começarão a vender os produtos da Beyond em maio deste ano.

Nos EUA, o Beyond Meat agora esta presente nos menus da Carl’s Jr e do Del Taco. Por meio do prospecto da Beyond Meat, há muitos novos produtos da empresa na fila de produção e planos de lançamento anuais. Os novos fundos garantidos pelo IPO permitirão que a Beyond Meat aumente a oferta e ajude a atender à demanda insaciável dos consumidores por carne plant-based.

 

Mercado Extremamente Faminto

A demanda não parece que irá diminuir tão cedo. O Burger King anunciou recentemente a próxima adição do Impossible Whopper a suas mais de 7.000 sedes nos EUA e, quase simultaneamente, o McDonald’s da Alemanha optou por lançar o Incredible Burger da Nestlé em todo o país. O entusiasmo do consumidor por opções plant-based está apenas ganhando força.

E os investidores estão alimentando o desenvolvimento de uma gama ainda mais ampla de opções livres de animais: a Clara Foods, empresa produtora de proteínas de ovos sem frangos, fechou uma rodada de financiamento da série B há uma semana, enquanto a Shiok Meats, empresa de carne produzida a partir de células, da Cingapura, garantiu US $4,6 milhões no financiamento inicial na semana passada.

Em uma declaração sobre o IPO da Beyond Meat, Bruce apontou: “Os investidores reconhecem que isso não é um nicho, e sim uma tendência dominante e uma enorme oportunidade de negócio”.

 

Pois é! Consumidores e investidores estão famintos por alternativas à agricultura animal convencional. E agora que a Beyond Meat é pública, os consumidores também são investidores.

 

Imagem de cabeçalho via twitter de Deena Shanker.


Autoria: Mary Allen
Tradução: Fernanda Onça