Seja um doador

Ajude o GFI a transformar o futuro da alimentação

Todo o trabalho desenvolvido pelo GFI é oferecido gratuitamente à sociedade e só conseguimos realizá-lo pois contamos com o suporte de nossa família de doadores. Atuamos de maneira a maximizar as doações de nossa comunidade de apoiadores, sempre buscando a maior eficiência na utilização dos recursos.

O GFI recebeu a certificação máxima de transparência do GuideStar, considerado o maior banco de dados e informações sobre organizações sem fins lucrativos do mundo. O Selo Platinum foi concedido a um seleto grupo de organizações que demonstram abertamente informações sobre finanças, missão e impacto do trabalho desenvolvido. Das 2,8 milhões de organizações cadastradas, apenas 1% recebeu este selo.

Tais reconhecimentos refletem nossos esforços para garantir que nosso trabalho seja feito de maneira estratégica, eficiente e transparente. Anualmente, o GFI Brasil passa pelo processo de auditoria, onde todas nossas despesas são analisadas por uma consultoria externa.

Relatórios Anuais

Saiba o que os recursos da nossa família de doadores permitiu ao GFI Brasil realizar nos últimos quatro anos

  • Relatório anual 2021

    Ações desenvolvidas pelo GFI Brasil em 2021 como forma de prestar contas à sociedade sobre o trabalho desenvolvido. Além dos principais resultados alcançados na promoção do setor de proteínas alternativas, a publicação também conta com análises pontuais sobre o panorama do setor. Celebra, ainda os avanços obtidos pelas áreas de Engajamento Corporativo, Ciência e Tecnologia, Políticas Públicas, Desenvolvimento, Comunicação, RH e Operações.

  • Relatório anual 2018 - 2020

    Relatório das ações desenvolvidas pelo The Good Food institute Brasil entre os anos de 2018 a 2020. A publicação apresenta os principais resultados da instituição na promoção do setor de proteínas alternativas, focando nos avanços alcançados pelas áreas de Engajamento Corporativo, Ciência e Tecnologia e Políticas Públicas.

Sustentabilidade e independência financeira

Atualmente, grande parte dos nossos recursos vêm de doadores internacionais, majoritariamente dos Estados Unidos. No entanto, buscamos construir nossa rede de apoiadores brasileiros para garantir nossa independência financeira.

Para saber como você pode fazer parte deste trabalho transformador, entre em contato com a Gerente de Desenvolvimento do GFI Brasil.

Ajude a construir uma cadeia de alimentos mais justa, segura e sustentável.

Nossos Parceiros

  • Daniele Zuckerman

    Daniele Zuckerman

    Embaixadora do GFI Brasil
    1 - 11

    Quando falamos a respeito do setor de proteínas alternativas, temos que enxergar a cadeia de alimentos de uma forma sistêmica. A escassez de alimento de qualidade esta intrinsecamente ligada ao fato de que produzimos comida para dar aos animais e depois comemos estes animais num cálculo que é extremamente ineficiente. Com os vegetais que ja são plantados hoje, conseguiríamos alimentar 3 vezes a população mundial. Tirar os animais e derivados do prato é o ato pessoal mais efetivo que você pode fazer hoje para evitar escassez de alimento, mudanças climáticas, doenças crônicas e pandemias. A indústria de produção de carnes e laticínios vegetais, cultivados e obtidos por fermentação possuí um sistema de produção muito mais eficiente. Produzimos esses alimentos com uma fração do impacto ambiental, sem colaborar com a formação de novas doenças zoonóticas, escassez de alimentos e sem maltratar nenhum animal. Precisamos de políticas de desenvolvimento industrial, investimento em ciência, capacitação de produtores rurais, cadeia de impostos competitiva, regulação com base científica, ambientes de inovação para startups, etc. Nossa equipe está dedicada a tornar o sistema alimentar global melhor para o planeta, as pessoas e os animais. Contem conosco!

    Daniele Zuckerman

    Embaixadora do GFI Brasil
  • Amanda Pinto

    Amanda Pinto

    Fundadora do N.Ovo
    2 - 11

    “O GFI esteve junto ao N.OVO desde o início do projeto, quando era apenas um braço de foodtech dentro do grupo Mantiqueira. Foram uma parte extremamente relevante nesse processo, principalmente no que diz respeito a informações sobre o mercado e conexão com empresas que já atuavam nesse segmento há mais tempo em outros países. A parceria entre o N.OVO e o GFI completa 4 anos em 2021 e posso afirmar que é muito positivo poder contar com profissionais tão capacitados na expansão desse mercado tão promissor.”.

    Amanda Pinto

    Fundadora do N.Ovo
  • Marcos Leta

    Marcos Leta

    Sócio-Fundador da Fazenda Futuro
    3 - 11

    “Minha missão é mudar a indústria de carnes e laticínios do Brasil, do uso de animais para o uso de plantas. O GFI Brasil me deu uma visão inestimável e me apresentou a empresas e fábricas nos EUA para que eu pudesse analisar como seus modelos poderiam ser adaptados e aplicados em meu país de origem. O Brasil está pronto para uma revolução profunda plant-based!.”.

    Marcos Leta

    Sócio-Fundador da Fazenda Futuro
  • Sérgio Pinto

    Sérgio Pinto

    Fundador da Cellva Ingredients.
    4 - 11

    “O GFI tem sido um parceiro incansável e único nessa caminhada. É extremamente bem-vindo contar com uma entidade como o GFI, sem fins lucrativos, que atua com o objetivo de fomentar o melhor modelo de desenvolvimento alimentar. Além disso, os corpos técnicos que fazem parte do GFI, não somente no Brasil, como no mundo, são de alta qualificação e o nível de discussão que a gente tem é sempre muito rico. Esse lado idôneo, que dialoga da mesma forma com a indústria, o governo e com a nova economia, sem nenhum tipo de viés, é algo encantador. Somos muito felizes de ter vocês como parceiros nessa jornada.”.

    Sérgio Pinto

    Fundador da Cellva Ingredients.
  • Eduardo Noronha

    Eduardo Noronha

    Global Head of HR and Operational Excellence at JBS
    5 - 11

    “A gente acredita que todas as iniciativas de fomento ao desenvolvimento das proteínas alternativas são muito boas e muito bem-vindas. Nós apoiamos totalmente esse tipo de ação e temos trabalhado juntos, inclusive nos nossos hubs de inovação, e tem sido muito produtivo nesse aspecto. Proteínas alternativas fazem parte relevante da nossa estratégia.”.

    Eduardo Noronha

    Global Head of HR and Operational Excellence at JBS
  • John Pinto

    John Pinto

    Chief Executive Officer da Plant Plus
    6 - 11

    “O GFI é parte desse coração que mantém a união viva entre as empresas. Acredito que o trabalho do GFI é muito importante para trazer insights fundamentais em relação ao avanço do consumo, as tendências e uma série de outros fatores que são críticos daqui pra frente. Além disso, esse trabalho ajuda a manter a indústria conectada e se desafiando a desenvolver novas tecnologias. Espero que a gente continue trabalhando juntos, vocês são um parceiro importante para a Plant Plus Foods.”.

    John Pinto

    Chief Executive Officer da Plant Plus
  • Bruno César Prosdocimi

    Bruno César Prosdocimi

    Coordenador Geral da Ciência para a Bioeconomia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações
    7 - 11

    “O GFI tem sido muito importante para nos ajudar a entender como o mercado se comporta e vai se comportar no futuro com relação às proteínas alternativas. O trabalho com o GFI já vem sendo conduzido dentro do Ministério há três anos, e isso nos ajudou a entender a importância do tema e de como ele vem crescendo, tanto no mundo como no Brasil. Com isso, temos conseguido pensar na possibilidade da inserção das proteínas alternativas em políticas públicas nos Ministérios da Agricultura, Ciência e outros. No Governo, não conseguimos tratar diretamente com empresas, mas conseguimos dialogar com as entidades que as representam. Vocês nos trazem quais são os anseios e necessidades de novas legislações e de desenvolvimento dessas empresas.”.

    Bruno César Prosdocimi

    Coordenador Geral da Ciência para a Bioeconomia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações
  • Daniel Trento

    Daniel Trento

    Coordenador Geral de Articulação para a Inovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
    8 - 11

    “Órgãos públicos precisam de parceiros que pensem no futuro, que tragam temas relevantes e desafiadores para o planeta, mas, principalmente, que coloquem a mão na massa. Ou seja, propor fóruns de discussão, execução de projetos, captação conjunta de recursos, além de outras possibilidades. No fundo, todos nós queremos um mundo melhor, e eu acho que esse tipo de atuação só enriquece o debate, e, consequentemente, as políticas públicas.“.

    Daniel Trento

    Coordenador Geral de Articulação para a Inovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
  • Vinícius Picanço Rodrigues

    Vinícius Picanço Rodrigues

    Professor Assistente de Operações e Sustentabilidade do Insper
    9 - 11

    “Sonhar com um novo sistema alimentar sustentável, acessível e ético faz meus olhos brilharem. E o GFI concretiza esse sonho em um conjunto articulado de estratégias e ações altamente eficazes que estão reescrevendo a história de como nos alimentamos. O foco na eficácia, a paixão por fazer acontecer e a visão sistêmica que o GFI aporta neste grande desafio alimentar das nossas vidas é o que distingue a organização e me faz acreditar continuamente em seu real poder de transformação e impacto.”.

    Vinícius Picanço Rodrigues

    Professor Assistente de Operações e Sustentabilidade do Insper
  • Marcel Fiorelli Fernandes

    Marcel Fiorelli Fernandes

    Apoiador do GFI Brasil
    10 - 11

    “O trabalho do GFI Brasil é muito importante porque uma das principais formas de reduzir o sofrimento dos animais explorados para a alimentação é através do surgimento de alternativas vegetais que se assemelham em sabor e aparência à carne, leite, ovos e produtos derivados. O GFI Brasil está sendo bem sucedido nessa missão e os resultados do seu trabalho estão aparecendo, já que empresas do setor alimentício estão promovendo lançamentos de versões vegetais de alimentos tradicionais.”.

    Marcel Fiorelli Fernandes

    Apoiador do GFI Brasil
  • PhD Caroline Mellinger

    PhD Caroline Mellinger

    Pesquisadora da Embrapa contemplada pelo edital do Programa de Incentivo à Pesquisa de 2019
    11 - 11

    “O GFI desenvolve um trabalho essencial no movimento rumo à inovação. A organização atua como ponte, conectando o setor produtivo à pesquisa e desenvolvimento. Então, só temos a agradecer o apoio, não apenas financeiro, mas a produção de conhecimento que baliza as nossas tomadas de decisão.”.

    PhD Caroline Mellinger

    Pesquisadora da Embrapa contemplada pelo edital do Programa de Incentivo à Pesquisa de 2019