Food Design Week agora é parte da programação de eventos do IED São Paulo

O IED São Paulo é reconhecido como um dos polos mais importantes da DW!, semana de design que acontece simultaneamente em várias partes do mundo. Esse ano, o foco temático é o papel do design em refletir as grandes transformações que aconteceram em 2020 em decorrência da pandemia. Dos espaços de trabalho à ocupação urbana, todos os aspectos da vida contemporânea foram afetados – e tudo isso passa por design. 

Com a alimentação não é diferente. Por isso, esse ano a Food Design Week passa a integrar a programação da Design Week. A programação vai trazer um panorama do que é food design, mostrando seu desenvolvimento desde o início até os dias atuais. Vai mostrar também como o design pode ser usado para além da estética dos pratos, tornando-se uma ferramenta na inovação em todos os elos da cadeia alimentícia através da transformação e aprimoramento de processos produtivos e da interação de pessoas com os produtos finais.

Para isso, food designers compartilham suas experiências atuando para conectar indústria, produtores, empreendedores e consumidores, além de debater desafios e oportunidades da área. Gus Guadagnini, diretor do The Good Food Institute Brasil, participa de uma live junto ao idealizador do Green Kitchen,  Fábio Zukerman. Os dois discutem inovação, tecnologia e alternativas sustentáveis no 12 de Novembro, às 17 horas pelo canal do Youtube do evento.

A DW! Design Week acontece de 9 a 20 de Novembro, online.

A programação completa e formulário de inscrição para o evento estão disponíveis no site do IED.

Leia também

Amplie seu conhecimento sobre proteínas alternativas com as novas aulas do curso do GFI Brasil

Amplie seu conhecimento sobre proteínas alternativas com as novas aulas do curso do GFI Brasil

GFI Brasil abre chamada para Estudos Direcionados sobre proteínas alternativas

GFI Brasil abre chamada para Estudos Direcionados sobre proteínas alternativas

Opinião: Por que não apostamos em insetos como fonte de proteína alternativa

Opinião: Por que não apostamos em insetos como fonte de proteína alternativa