Alt Protein Project: junte-se ao movimento global de alunos que está transformando a maneira como produzimos alimentos

Inscrições estão abertas até dia 31 de março

O Alt Protein Project é um movimento global que reúne estudantes motivados e visionários que buscam criar um sistema alimentar mais sustentável, seguro e justo. O The Good Food Institute desenvolveu o projeto para que esses alunos liderem a promoção da educação, pesquisa e inovação em proteínas alternativas nas suas universidades.

Desde 2020, já formamos grupos de estudantes em 36 universidades ao redor do mundo para conduzirem a revolução da proteína alternativa. Chegou a hora de você se juntar a eles! Os grupos contam com pesquisadores, cientistas e alunos de disciplinas e estágios acadêmicos diferentes, e todos  trabalham juntos para definir e lançar as iniciativas de alto impacto que vão garantir o sucesso das proteínas alternativas.

No Alt Protein Project você vai poder atuar em diversas frentes, como: se reunir com membros de outros laboratórios para conduzir novas propostas de pesquisas; desenvolver cursos e especializações a serem adicionadas ao currículo universitário; analisar lacunas de mercado para criar novos produtos e formulações e promover atividades que estimulem o debate sobre proteínas alternativas.

Quer fazer parte dessa comunidade? Se inscreva até o dia 31 de março e, caso tenha alguma dúvida, entre em contato com a nossa equipe de ciência e tecnologia pelo e-mail lorenap@gfi.org

Leia também

Novo estudo do GFI Brasil e UNICAMP mapeia fontes de proteínas vegetais cultivadas no Brasil com potencial para a indústria plant-based

Novo estudo do GFI Brasil e UNICAMP mapeia fontes de proteínas vegetais cultivadas no Brasil com potencial para a indústria plant-based

Entrevista com Bruce Friedrich: “Construir um sistema alimentar melhor e mais sustentável é um dos desafios mais importantes da nossa época”

Entrevista com Bruce Friedrich: “Construir um sistema alimentar melhor e mais sustentável é um dos desafios mais importantes da nossa época”